Pretos Velhos

Os Pretos e Pretas Velhas, na Umbanda, são entidades elevadas que se apresentam estereotipados como anciãos negros conhecedores profundos da magia Divina, da manipulação de ervas. São excelente mandingueirosmestres dos elementos da natureza, os quais utilizam em seus benzimentos e trabalhos espirituais.

Crê-se que em referência à dor e aflição sofrida pelo povo negro durante a escravidão, a linha de Preto velho reflita a humildade, a sabedoria, a paciência e a perseverança. Não necessariamente todos foram escravos. Sua sabedoria e humildade são caracteristicas marcantes e sua calma e ensinamentos são profundos. Apresentam-se na Umbandasentados em seus banquinhos atendendo seus “fios e fias” com uma linguagem simples porém sábias. A característica principal desta linha é a sua elevada orientação espiritual.

Àqueles que os procuram oferecem conselhos, orientação espiritual; receitam tratamentos caseiros, banhos de ervas, chás, entre outros, para os males do corpo e do espirito

Utilizam vários elementos nos seus trabalhos como o cachimbo, cigarros de palha (que usam como defumadores, para limpeza espiritual) e ervas.

Linha de Pretos velhos na Umbanda é regida pelo mistério Ancião, na força do Orixá Obaluaê que é o Orixásustentador da evolução, da transmutação e transformação dos seres. Mas os Pretos Velhos também se apresentam dentro da linha de outros Orixás.

Pretos Velhos

pretos-velhos-tx

Velas: Branca; branca e preta; roxo, lilás, violeta.

Flores: Crisântemo branco, rosa branca, margarida, azaléia branca.

Frutas: Coco seco, uva italia, melão, pêra, pinha.

Comidas: Bolo de milho, pamonha, cural, Pipoca, Bolo de fubá, Tutu de feijão, Mandioca frita, Batata doce, Doce de abóbora, Rapadura.

Bebidas: Café sem açucar e Aguardente

Elementos de Trabalho:

– Ervas (alecrim, arruda, guiné, manjericão, boldo, folha de fumo, louro, manjerona, sálvia, quebra demanda, levante);

– Palha da costa, Cruzes de madeira, pipocas, pembra branca, terços de lágrimas de Nossa senhora.

Pedras: Turmalinas negras, cristal, ônix branco ou preto e quartzo branco.

Fonte: Instituto Sete Porteiras do Brasil